Contatos em (51) 3061.9626

como escolher o destino do intercâmbio?

Por Thiane Ceconi | há 3 semanas - 02.09.2020

Nesse post nós auxiliamos você, futuro intercambista, que ainda tem dúvidas sobre o destino da sua viagem.

É com certeza a decisão mais difícil de uma viagem. O intercâmbio perfeito para o José será diferente do intercâmbio perfeito para Joana. É preciso pensar em algumas coisinhas como...

 

  • que idioma você quer estudar?

 

A primeira decisão é a língua que você deseja estudar! Dar uma turbinada no inglês, sair do portunhol e começar a estudar espanhol de verdade ou começar uma língua nova como o alemão, coreano ou japonês. Com a USB você pode estudar alemão, árabe, chinês, espanhol, francês, inglês ou italiano. Depois disso, é muito importante escolher qual variedade dessa língua você quer se aprofundar: inglês britânico, americano, australiano, escocês… francês da França ou do Marrocos… espanhol da américa latina ou da espanha. Isso também pode ser refinado de acordo com a região, como por exemplo o italiano do sul da Itália ou mais do norte. Você também pode escolher estudar a língua no geral, que exercita a comunicação, ou a língua em contextos mais específicos, como o contexto acadêmico/universitário, dos negócios, do ensino dessa língua... há opções para todos os gostos!

 

  • qual é o seu orçamento para a viagem?

 

Dois elementos pesam bastante no orçamento de um intercâmbio: passagens aéreas e a “importância” da cidade no país. Para passagens aéreas não há muito mistério: quanto mais longe, mais caro. Se você pensa em ir para Sydney, na Austrália, as passagens estarão mais caras do que ir para Miami, nos Estados Unidos, por exemplo. É claro que muitas vezes encontramos promoções incríveis, mas é importante considerar isso. É importante também lembrar que passagens aéreas durante feriados, períodos de festas ou finais de semana são mais caras do que passagens durante a semana, longe dos feriados e festas. 

O segundo ponto é a “importância” da cidade: uma capital de um país ou de uma determinada região custará mais caro do que uma cidade do interior. Na Inglaterra, por exemplo, há a possibilidade de escolher cidades do interior mas que estão a poucas horas de trem de Londres, possibilitando que passeios incríveis sejam realizados nos finais de semana. 

Caso você queira conhecer maneiras de economizar no intercâmbio, leia este post. Agora, se você quer conhecer os destinos mais econômicos, clique aqui.

Outro elemento importante dessa equação tem a ver com o período do ano que você vai viajar, que explicaremos a seguir.
 

  • quando você pretende viajar?

 

A maioria dos países tem uma demanda maior de serviços e acomodações durante o verão local, porque mais turistas viajam nesse período. Desse modo, as passagens, a acomodação e até o curso pode ficar um pouco mais caros durante o período de alta temporada. O verão em Malta é muito mais cotado do que o inverno por lá, então lembre de conferir qual é a duração do período de alta temporada na hora de planejar as datas início e fim do seu intercâmbio. 

Outro aspecto importante em relação ao período do ano é a estação: caso você viaje para o Canadá no inverno, é possível que tenha de comprar casacos bem grossos, botas de neve e outras roupas necessárias para aguentar o inverno. Isso tudo deve ser considerado quando você planeja uma viagem.

 

  • que tipo de paisagem você quer ver?

 

Praias de água cristalina ou aquela neve lindíssima que vemos nos filmes? O agito das metrópoles ou o modo de vida mais autêntico das cidades menores? Longos campos verdinhos ou montanhas majestosas? Cidades com longas e largas avenidas ou pequenas vilas com ruas bem estreitinhas? Arranha-céus gigantescos ou construções históricas que você viu nos livros e filmes? É importante entender um pouco da geografia das cidades para que você tenha uma ideia prévia do que vai lidar quando estiver no destino. Isso afetará o transporte, a sua autonomia quanto aos passeios e, no geral, a sua percepção do local. O Google Imagens e o Maps são os seus maiores aliados. Pode ser que você goste menos da Inglaterra se viajar no inverno do que no outono, e o mesmo pode ser dito de viajar para um país reconhecido pelas praias, como a Austrália, se você optar por fazer intercâmbio lá no outono. 

Recomendamos que você feche os olhos e se imagine no local! Que tempo está fazendo? O que você está vestindo? Que passeios sonha fazer? Isso ajuda muito a montar a viagem perfeita pra você. 

 

Ficou com mais dúvidas? Pode entrar em contato conosco! Nós lhe auxiliaremos durante esse processo, e não se preocupe: NÃO COBRAREMOS NADA A MAIS POR ISSO! O nosso maior objetivo é que você tenha a melhor experiência possível durante a viagem, e isso começa com a definição do destino. Conte com a USB para realizar esse sonho!

Clique aqui para falar com a gente pelo Whatsapp. Ou você pode preenchar a ficha de contato clicando aqui, assim entraremos em contato em breve.