Contatos em (51) 3061.9626

­čö┤Ôܬ passo a passo para estudar e trabalhar no Canad├í Ôܬ­čö┤

Por Thiane Ceconi | há 1 ano - 06.08.2020

O programa de Estudo e Trabalho no Canad├í ├ę um pouco complexo, ent├úo voc├¬ precisa prestar aten├ž├úo em alguns detalhes. Vamos descrever o passo a passo para voc├¬ tirar esse sonho do papel.

1) Matrícula em técnico, graduação ou pós

É a partir do visto de estudos que você consegue permissão para trabalhar no Canadá. Quando você adquire um custo de nível técnico, graduação ou pós (certificate, diploma ou degree), você obtém a permissão de trabalhar 20h/semana durante as aulas e 40h/semana durante as férias e recessos do curso. O nível de inglês necessário é o intermediário. 

Os cursos que exigem menor nível de inglês e dispensam a necessidade de fazer um exame de proficiência são oferecidos em COLLEGES PRIVADOS, que não permitem que você trabalhe após o fim do curso, nem dão a oportunidade para que seu cônjuge trabalhe durante seus estudos. Já os cursos em COLLEGES PÚBLICOS exigem nível maior de inglês e que você faça um exame como o IELTS, TOEFL ou Duolingo. Entenda cada exame AQUI.

Os cursos são oferecidos em horários variados, então estudar um college no Canadá não quer dizer que você terá aulas todas as noites ou todas as manhãs. Todo semestre você terá uma grade de horários diferentes, e o mercado de trabalho está acostumado com essa realidade, proporcionando “turnos” mais flexíveis para os trabalhadores que estudam. Caso você queira entender mais sobre a parte educacional e possível imigração para o Canadá, baixe o nosso ebook AQUI.

 

2) Passaporte

É necessário ter passaporte válido, emitido pela Polícia Federal. Ele custa menos de R$300,- e é necessário ir pessoalmente ao posto da PF para fornecer as impressões digitais, tirar a foto e apresentar documentos como CPF e quitação eleitoral. Ele fica pronto em 6 dias úteis e você precisa buscá-lo nos próximos três meses, ou ele será cancelado.

É importante prestar atenção se o seu curso oferece seguro-viagem incluso no pagamento das taxas, porque se não oferecer você precisará comprar separadamente. Os seguros oferecidos pelas instituições educacionais são muito bons, mas você só poderá utilizá-los a partir do primeiro dia de aula. 

 

3) Visto Canadense

Após pagar parte do seu curso (não é necessário quitar, e se o visto for negado você receberá reembolso), será necessário aplicar para o visto canadense. A USB tem parceria com a Sul Vistos e o processo é realizado totalmente por eles pelo valor indicado NESTE LINK. Você precisará ter a comprovação financeira de 12 mil dólares (aplicando sozinho) em uma conta bancária e deverá mostrar outros comprovantes de vínculo com o Brasil, assim como uma carta de intenções. Durante a escolha do seu curso nós explicaremos direitinho quais os requisitos para o visto, assim podemos ver como podemos adaptar o plano Canadá ao seu perfil. 

 

4) Acomodação

Para não ter problemas na imigração e ficar mais tranquilo na chegada ao país, recomendamos que você reserve pelo menos duas semanas de acomodação. Algumas das opções são: airbnb, hostel, hotel, residência estudantil, casa de família e apartamentos compartilhados. O custo varia de acordo com cada opção, sendo o hostel a mais barata e o hotel a mais cara. Caso você queira evitar a busca por aluguel por completo, você pode contratar empresas que fazem toda a busca e processo para você.

 

5) Passagens aéreas

Você precisará apresentar o ticket de volta na hora de passar pela imigração, então não poderá comprar apenas a passagem de ida. Leve em consideração a possibilidade de precisar de mais bagagens na volta. Além disso, compre passagens que permitem remarcação para não passar dor de cabeça.

 

6) Compra de dólares canadenses

Você deverá trocar reais por dólares canadenses em casas de câmbio para ter uma quantia para gastar no primeiro mês. É usual solicitarem um caução de aluguel caso você vá ficar em um apartamento, e você precisará comprar coisas básicas, então recomendamos aproximadamente três mil dólares O restante do dinheiro nós recomendamos que você faça uma transferência aqui do Brasil após abrir uma conta bancária ou contrate um cartão de débito de viagem (VTM), que você pode "recarregar" com a quantia que deseja.

 

7) Viajar!

A aventura começa! Após entrar no país você terá de emitir seu “CPF”, seu “RG” e abrir conta bancária. Mas isso é assunto para outro post. 

Ficou com alguma dúvida? Quer conversar sobre o seu plano Canadá? Entre em contato conosco pelo WhatsApp clicando AQUI ou preencha a ficha de contato do site clicando AQUI.